Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas do Quintal

Blog sobre o que se vai passando neste nosso "quintal"

Blog sobre o que se vai passando neste nosso "quintal"

Crónicas do Quintal

31
Mar06

É fartar vilanagem!

João Mateus
                                     

“Trinta dirigentes da saúde lesaram o Estado em mais de um milhão de euros, ao receberem remunerações e regalias a que não tinham direito - do uso de cartões de crédito à utilização de carros de alta cilindrada, passando por subsídios de representação. Cerca de 80% deste valor já foi reposto pelos próprios, mas existem ainda quatro visados que contestaram as conclusões e outros dois que se recusam a devolver o dinheiro.”

     Diário de Noticias de 31/03/2006

 

“O Tribunal de Sintra condenou esta sexta-feira 81 militares da Brigada de Trânsito da GNR por crimes de corrupção passiva e 15 empresários por crimes de corrupção activa, no âmbito do processo que começou em Maio do ano passado.”

     SIC 31/03/2006




22
Mar06

Querem matar o 25 de Abril!

João Mateus

25abril.jpg

 

O PSD Madeira não quer comemorar este ano o 25 de Abril na Assembleia Regional.

O motivo é que, segundo dizem, a oposição aproveita a cerimónia para dar porrada no Governo Regional e no Dr. Alberto João Jardim!

Enfim, é esta a noção de Democracia deles!

Como não se pode exterminá-los, calam-se!

Se alguém ainda tinha dúvidas sobre a Democracia que se vive na Madeira....

18
Mar06

Queria entrar pró Guinness!

João Mateus

carro.gif

Uma homem foi apanhado pela GNR, a conduzir numa estrada próxima de Montemor, com uma taxa de alcoolémia de 4,34 G/L.

 

Esta taxa equivale a ter ingerido:

       5 litros de vinho

          ou

      1 litro de wisky

         ou

   10 litros de cerveja

 

Ganda esponja, hem!

09
Mar06

Ate mais ver, Jorge Sampaio!

João Mateus

jorgesampaio1.jpg

No último dia de Jorge Sampaio como Presidente da República , achamos que devemos deixar aqui as nossas homenagens ao homem que, durante estes dez anos, nunca nos fez mudar de canal ou desligar a televisão!

Uma vezes concordámos, outras discordámos, mas ele soube ser o Presidente emotivo que sempre sentimos ser um dos nossos!

Até um dia Jorge Sampaio a gente vê-se por ai

08
Mar06

Hoje é dia Internacional da Mulher!

João Mateus

 

diaimulher.jpg

 

Hoje comemora-se o dia Internacional da Mulher. Bom sinal?
Muito mau sinal, pois isso só significa que as mulheres ainda continuam a ser discriminadas! Vejamos, por exemplo, o caso de Portugal:

-          Quantas mulheres já tivemos como Presidente da Republica? Nenhuma!

-          Quantas mulheres já tivemos como Primeiro Ministro? Uma! –

-          Quantas mulheres já tivemos como Ministro? Uma percentagem muito pequena!

-          Quantas mulheres já tivemos como Secretária Geral de um partido ou equivalente? Não nos lembramos de nenhuma!

-          Qual é a percentagem de mulheres no Parlamento? Muito baixa!

Bastam estes dados para nos apercebermos o quão ainda é longo o caminho a percorrer para que as coisas se alterem.

De quem é afinal a culpa deste estado de coisas? Dos homens, concerteza, pois têm muito que evoluir! Mas também das mulheres que não podem adormecer à sombra do que já conquistaram mas devem continuar a lutar pela sua emancipação e, para isso, é bom recordar o que esteve na origem da comemoração deste dia:

Neste dia, do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher".

 

02
Mar06

Complemento Solidário para Idosos ou a maior acção de propaganda jamais vista?

João Mateus

esmolanao.jpg 

Esta é, essencialmente, para aqueles que se dizem socialistas!

Estado social é aquele que permite a todos os seus membros uma vida com dignidade, certo?

E como prossegue esses objectivos?

Cobrando, através de impostos, aqueles que mais têm, para distribuir por aqueles que mais precisam, ao contrário do Estado liberal que, não o fazendo, permite que seja deixado ao livre arbítrio de cada um, fazer com que isso aconteça ou não.

Por isso, aqueles que mais ganham, são normalmente os mais penalizados ao nível dos impostos!

Portugal é ou não um Estado Social?

Se é, então entendamo-nos!

É ao Estado que cabe distribuir por cada um, de acordo com as necessidades, aquilo que arrecada através dos impostos pago por todos! Não é obrigar a pagar impostos e depois transferir parte das suas responsabilidades para os outros, que é aquilo que o governo actual tenta fazer no caso do Complemento Solidário para Idosos, onde, face à impossibilidade de pagar a todos aquilo que diz ser necessário para viver com um mínimo de dignidade, apenas o reserva para já, para os com mais de oitenta anos (assim como se as necessidades de cada um dependessem da sua idade) e, por outro quer transferir ainda para os filhos uma parte desse encargo, isto porque acha que quem tem muito deve comparticipar nesse encargo!

Será que é ter muito quem tenha, por exemplo, 2026 € por mês?

Por outro lado, como se chega ao apuramento desse rendimento?

De uma forma tão complicada que, pelos vistos, foi necessário que os funcionários, que concerteza não são estúpidos, tivessem formação especializada para o efeito!

Independentemente de serem razoáveis ou não os limites estipulados, será que é licito exigir que os filhos comparticipem para assegurar o bem estar dos pais, quando, os seus impostos já lhe são cobrados como se os pais não fizessem parte do seu agregado familiar?

Ou será que o Governo está, afinal, a reconhecer que o sistema tributário em Portugal é injusto?

Se está porque não o altera?

Por outro lado, ao obrigar os requerentes a assinar uma declaração onde se comprometem a agir judicialmente contra os filhos quando estes não cumprirem aquilo que foi estipulado, não estará desde logo e à partida a fazer com que exista um conflito entre estes e os pais que pode levar à quebra de alguma solidariedade familiar que, apesar de tudo, ainda vai existindo em Portugal?

Que pensará um filho de um pai que, por uns míseros tostões (o que, infelizmente, deriva da miséria em que as pessoas vivem) se dispõe a meter-lhe uma acção em tribunal, isto ainda antes de saber se vai, ou não, ter direito ao subsidio?

Por outro lado é e já que estamos a tratar de justiça, será que é justo, independentemente de os pais o quererem ou não, sobrecarregar desde logo os filhos que, em muitos casos, já se vêm obrigados a ajudar os filhos que ainda têm em casa, muitas vezes vítimas do desemprego ou ganhando de tal forma pouco que não podem nem aspirar a ter uma vida independente?

É neste estado de coisas e onde a fuga aos impostos é assustadora (o Pais que não deve ser aquele em que um dia quem fez o 25 de Abril sonhou viver) que se propõem aplicar esta medida da forma que o fizeram?

Ou será que por trás estão objectivos propagandísticos inconfessados, o fazer que faz mas não faz?

Responda quem souber!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Lema do Blog

Pra melhor está bem...está bem. Pra pior já basta assim!

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

O Crónicas no Facebook